Uploaded with ImageShack.us

AOS LEITORES

O blog está em novo endereço:

louremar.com.br

basta clicar



Escrito por Louremar às 12h36
[] [envie esta mensagem] []



DENÚNCIA: MÁFIA INSTALADA EM BACABAL ESTARIA DESVIANDO DINHEIRO DO GOVERNO FEDERAL

O dinheiro que o Governo Federal paga aos pescadores na época do defeso (seguro defeso)  estaria sendo desviado em Bacabal. A denúncia aponta a Colônia de Pescadores Z-30 como a base de uma organização que trabalha desviando o dinheiro repassado aos pescadores no período em que, por lei, estão proibidos de pescar por causa da reprodução das espécies.

No dia 8 de setembro a pescadora Sorayma Lima Sousa, registrou o boletim de ocorrência nº5307 na delegacia de Bacabal, onde afirma ter sido vítima de estelionato. Segundo ela, seu cartão-cidadão, que dá direito a receber o benefício federal, foi retido por pessoas da Colônia a título de consulta do saldo.  Sorayma afirma que entregou o cartão em março e somente no mês de setembro o recebeu de volta. Quanto ao valor, do total de R$ 2.040,00 que teria direito, somente lhe foi repassado 580 reais. Ela afirma na denúncia que ao inquirir a senhora Lenir, conhecida como irmã Lenir, a mesma afirmou que parte do benefício seria destinado à uma funcionária da Colônia.

Segundo as denúncias a prática corrente seria que após o cadastramento das senhas, os cartões são recolhidos sob a alegação de verificar quando

o dinheiro vai sair. Entretanto, quando o dinheiro é depositado  pelo Governo, seria sacado e apenas uma parte seria repassada para os

beneficiários dos cartões.

O caso é grave e requer providências urgentes do Ministério Público. O MP tem, em fase de apuração, um processo sobre o caso dos pescadores fantasmas ou pescadores de aquário.  O esquema funcionaria da seguinte forma: pessoas das mais diversas atividades, que não sabem diferenciar uma piaba de um mandi, seriam registradas como pescadores para obterem o benefício do seguro-desemprego e seguro e seguro-defeso. A idéia é que essas pessoas não recebam todo o benefício, ficando uma parte nas mãos dos artífices do golpe. Há indícios de que o esquema patrocina campanhas políticas.



Escrito por Louremar às 12h15
[] [envie esta mensagem] []





Escrito por Louremar às 16h36
[] [envie esta mensagem] []



SIMPLICIO ARAÚJO E LUCIANO LEITOA REUNEM 30 MIL PESSOAS EM CAMINHADA PELAS RUAS DE TIMON

O candidato a deputado estadual Luciano Leitoa, ao lado de Simplício Araújo, candidato a deputado federal, realizaram ontem em Timon uma caminhada que já está sendo considerada a maior atividade política deste ano na cidade.

Num percurso de 12 quilômetros, participaram também os candidatos  a governador Jackson Lago, ao senado Edison Vidigal e Roberto Rocha. Milhares de pessoas percorreram vários bairros da cidade, entre eles: Parque Piauí I e II, São Francisco, Conjunto Boa Vista, Planalto Bela Vista, Rua 100, São Benedito, Vilas Osmar e Angélica, Mutirão e Pedro Patrício.

O ex-governador Jackson Lago,os candidatos ao senado, Roberto Rocha e Edison Vidigal e o deputado estadual, Chico Leitoa, participaram do evento em cima de uma caminhonete. Já os candidatos a deputado estadual, Luciano Leitoa e o federal, Simplício Araújo, fizeram toda a caminhada a pé.

O evento encerrou com um grande comício que aconteceu na avenida Tiúba , no bairro Pedro Patrício.

Sem disparar críticas a seus opositores na cidade, Luciano encerrou dizendo saber que o deputado federal Sétimo Waquim vive lhe criticando em comícios e reuniões. Entretanto não vai revidar aos ataques e que não tem o deputado como seu inimigo ou adversário. “Meus adversários são os problemas de Timon e o deputado Sétimo deveria pensar assim. Em vez de me criticar deveria estar em busca de solucionar os problemas da cidade”, concluiu.

O coordenador geral da campanha de Luciano Leitoa em Timon, Dolival Pereira de Andrade, avaliou como positiva a caminhada realizada na tarde desta terça-feira. “O que me chamou a atenção da caminhada foi a receptividade que os nossos candidatos tiveram nas casas por onde passavam. As pessoas acenavam positivamente para eles”, disse.

Simplicio Araújo, candidato a deputado federal pelo PPS, destacou que  a militância timonense talvez seja um caso único no Maranhão onde as pessoas se envolvem de corpo e alma no processo eleitoral transformando a campanha numa verdadeira festa cívica.

Com informações do blog do Elias Lacerda.



Escrito por Louremar às 12h44
[] [envie esta mensagem] []



D.PEDRO I PROCLAMOU A INDEPENDÊNCIA COM DOR DE BARRIGA

A revelação é trazida pelo portal Uol. Numa matéria que tenta elucidar alguns mitos que se propagaram sobre o 7 de setembro de 1822.

O primeiro deles, analisa o quadro pintado por Pedro Américo. No famoso quadro, o príncipe brasileiro é retratado montado em um cavalo.

 

 

O jornalista Laurentino Gomes, autor do livro 1822, esclarece:

“D. Pedro montava um animal de carga, provavelmente uma mula, estava vestido como um tropeiro e não em uniforme militar, e os dragões da Independência ainda não existiam. A guarda de honra era formada por fazendeiros, cavaleiros e pessoas comuns das cidades do Vale do Paraíba, por onde o príncipe passara alguns dias antes a caminho de São Paulo", descreve Laurentino. "Além disso, uma testemunha do Grito (o coronel Marcondes, futuro Barão de Pindamonhangaba) registrou em suas memórias que D. Pedro estava com dor de barriga devido a algum alimento estragado que havia comido no litoral paulista. A cena real é bucólica e prosaica, mais brasileira e menos épica do que a retratada no quadro de Pedro Américo." Os Dragões da Independência, a guarda fardada e imponente que aparece na tela não existia na época do grito original às margens do Ipiranga.”

 

O Hino da Independência foi composto em 7 de setembro de 1882?

 

"D. Pedro era de fato um músico talentoso, capaz de fazer composição de qualidade bastante razoável para a época. Ainda assim, seria extraordinário que no intervalo de apenas cinco horas, entre o Grito do Ipiranga e as celebrações noturnas em São Paulo, tivesse composto e ensaiado um hino de estrutura bastante complexa como o da Independência. Isso jamais aconteceu", conta Laurentino.

 

Tocou-se alguma canção na mesma noite para comemorar a Independência?

 

Segundo o escritor, a música executada naquela noite foi o Hino Constitucional Português, de Marcos Antônio Portugal, amigo e professor do príncipe regente. A música do atual Hino da Independência foi composta por D. Pedro, mas numa data posterior. A letra é de um poema chamado “Brava Gente”, de autoria do jornalista Evaristo da Veiga."A história oficial se encarregou de propagar a versão de que a noite de 7 de setembro de 1822 em São Paulo teria sido épica, de celebrações, discursos e composições inspiradas", explica o jornalista.

 

Com o brado de Dom Pedro 1º "Independência ou Morte!", o Brasil deixou de ser colônia de Portugal? De fato, quanto tempo esse grito demorou a ser ouvido às margens plácidas não do Ipiranga, mas do rio Tejo, em Lisboa?

 

Naquela época, uma viagem de navio entre o Rio de Janeiro e Lisboa demorava cerca de dois meses, o que significa que as notícias a respeito do 7 de setembro de 1822 só chegaram a Portugal em novembro conta o autor de 1822. A reação, segundo ele, foi imediata. Os portugueses se mobilizaram para enviar mais tropas ao Brasil e tentar subjugar pela força os adeptos da Independência. A guerra só terminaria em novembro de 1823.

 

A Independência do Brasil foi um processo pacífico?

 

Pelos meus cálculos morreram cerca de 5 000 nos confrontos, o que desmente também um outro mito segundo o qual a Independência brasileira teria sido um processo pacífico, resultado de uma negociação entre pai e filho, ou seja, D. João VI e D. Pedro. Isso não é verdade. Muita gente pegou em armas e morreu defendeu a autonomia do Brasil, especialmente na Bahia e outros Estados do Nordeste.

 

É verdade que "pagamos" por nossa Independência?

 

De certa forma, sim. Portugal só reconheceu a Independência do Brasil em 1825, mediante uma indenização de dois milhões de libras. Com parte desse valor, a antiga metrópole cobriria alguns dos gastos para impedir que o Brasil se tornasse uma nação independente. "Depois de ganhar a guerra caberia aos brasileiros ressarcir os prejuízos dos adversários derrotados", conta Laurentino explicando por que os adversários acusaram D. Pedro de “comprar a Independência”. No entanto, a assinatura desse tratado abriu caminho para o reconhecimento da nação que surgia no Novo Mundo.

 Veja mais.



Escrito por Louremar às 16h23
[] [envie esta mensagem] []



 “NOSSO LAR” LIDERA BILHETERIA E ARRECADA R$ 6 MI

Do portal Uol

O longa brasileiro Nosso Lar, inspirado no livro homônimo de Chico Xavier, liderou as bilheterias no País, levando mais de 580 mil pessoas às salas de cinema neste fim de semana.

Os resultados preliminares apontam a estreia do longa como a mais bem sucedida abertura de um filme nacional, com arrecadação de pouco mais de R$ 6 milhões em apenas três dias de exibição.

O filme conta a história de um médico que acorda no mundo espiritual após a sua morte e acompanha sua jornada, desde os primeiros dias, numa dimensão de dor e sofrimento até ser resgatado para uma cidade espiritual cujo nome intitula o filme.

Estão no elenco Renato Prieto, Fernando Alves Pinto, Rosanne Mulholland, Inez Viana, Rodrigo dos Santos, Werner Schünemann, Clemente Viscaíno e participações especiais de Othon Bastos, Ana Rosa e Paulo Goulart. A direção é de Wagner de Assis.



Escrito por Louremar às 16h05
[] [envie esta mensagem] []



JOÃO ALBERTO QUER SER PREFEITO DE BACABAL

O jornalista Luis Cardoso postou  na manhã de hoje, nota sobre as pretensões do vice-governador João Alberto.  Eis o post:

“O vice-governador João Alberto trabalha sua candidatura ao Senado Federal de olho em 2012. Deseja mesmo encerrar a carreira política administrando sua cidade: Bacabal.

João Alberto foi sacado da vice na chapa de Roseana por causa do acordo nacional com o PT, que envolveu o nome do suplente de deputado federal Washington Oliveira.

O vice-governador detesta Brasília e cada vez mais receio de altura. Será um sacrifício se deslocar a cada semana para a capital federal.

O sonho de João Alberto, alimentado pelos correligionários, é voltar a dirigir a prefeitura de Bacabal. Terá o apoio da ala por ele comandada e mais o aval do atual prefeito, Raimundo Lisboa”.

O que há a comentar?

1.      Realmente João Alberto deseja ser novamente prefeito de Bacabal, tem dado demonstrações disso.

2.      Realmente ele sonha em contar com o apoio do prefeito Lisboa. Tanto que tem resistido aos pedidos de pessoas do seu grupo para que se afaste de Lisboa. Há um ressentimento pelo tratamento que o grupo de Taugi tem recebido e também há o questionamento sobre o prejuízo de estarem atrelados a uma administração tão impopular.

3.      Como eu disse, João Alberto sonha em contar com o apoio de Lisboa. Os sonhos nem sempre se concretizam, Lisboa tem dado sinais de que sonha outros sonhos.



Escrito por Louremar às 12h00
[] [envie esta mensagem] []



ESTÁ NO AR O SITE DO ADVOGADO AGNELO RODRIGUES

 

O advogado Agnelo Rodrigues está na net.

 

Ele pôs no ar o site do seu escritório com o endereço agneloadvocacia.com.br  com o recurso do atendimento online

 

Agnelo Rodrigues montou o escritório em 1980, hoje conta com profisionais especializados nas áreas de Direito Civil, Bancário, Tributário, Consumidor, Previdenciário e Ambiental.

 



Escrito por Louremar às 08h46
[] [envie esta mensagem] []



SIMPLICIO E ILTON REATARAM A PARCERIA

Depois do afastamento, os candidatos a deputado estadual Ilton Viana e a deputado federal, Simplicio Araújo, voltaram a trilhar juntos o íngreme caminho da eleição.

 

Fortalecido pela aliança que fez em Timon com o candidato Luciano Leitoa, Simplicio esteve ontem em Bacabal e reuniu com Ilton. Em conversa com este blogueiro o candidato fez alguns esclarecimentos:

 

1. Após construir a aliança com Ilton, se chateou com os rumos que a campanha tomou. A equipe de Ilton não teria vestido a camisa, chegando inclusive algumas pessoas a pedir votos para outro candidato a deputado federal, no palanque de Ilton. Isso o levou a se afastar, chegando mesmo a recolher os carros de som que tinha disponibilizado para Bacabal.

 

2. A propósito do post “Candidatos começam a vender bens”, em que é citado como um dos responsáveis por Ilton ter contraído débitos além da conta, que o forçaram a vender sua fazenda, Simplicio diz que não é verdade a informação repassada ao blog. “Ninguém tem responsabilidade sobre as contas da campanha de outro candidato”,afirma.

 

3. A retomada da parceria é de interesse dos dois candidatos. Ilton tem interesse em apresentar um candidato a deputado federal mas que seja um nome “ficha limpa” e que seja filho de Bacabal. Simplicio Araújo afirma que é seu interesse colar a sua imagem na de um candidato que tem proximidade com o povo, principalmente com o povo mais humilde da cidade.



Escrito por Louremar às 06h10
[] [envie esta mensagem] []



TA NA REDE: SEM FANTASIA

Chega de intermediários: em vez de perder aquele tempo todo na Internet, entregue sua declaração de imposto de renda ao petista mais próximo.



Escrito por Louremar às 05h07
[] [envie esta mensagem] []



FLAVIO DINO E DOMINGOS DUTRA CONCORREM AO PRÊMIO DE MELHOR DEPUTADO DO ANO

Pelo quinto ano consecutivo, o site Congresso em Foco está escolhendo os melhores parlamentares do ano. A escolha é feita por votação através da internet. Os nomes foram selecionados por jornalistas que fazem a cobertura dos trabalhos do Congresso. Foram escolhidos mais de 40 deputados e senadores.

O Maranhão está representado na lista  por dois deputados: Flávio Dino (PCdoB) e Domingos Dutra (PT).

Serão escolhidos os destaques em 6 categorias especiais. O deputado Flávio Dino foi listado em duas delas: destaque na combate à corrupção e destaque na defesa da democracia.

O deputado Sarney Filho (PV) concorre apenas na categoria “destaque na defesa do meio ambiente” e Gastão Vieira (PMDB) está na relação “destaque na defesa da educação.

Entre aqui para votar.



Escrito por Louremar às 04h54
[] [envie esta mensagem] []



SIGILO DA RECEITA: VERGONHA NACIONAL

Via blog do Amarildo



Escrito por Louremar às 19h01
[] [envie esta mensagem] []



TA NA REDE: NACIONALIDADE DE ADÃO E EVA

Um alemão, um francês, um inglês e um brasileiro apreciam o quadro de Adão e Eva no Paraíso.

O alemão comenta:

- Olhem que perfeição de corpos:
Ela, esbelta e espigada;
Ele, com este corpo atlético, os músculos perfilados.
Devem ser alemães.

Imediatamente, o francês contesta:

- Não acredito. É evidente o erotismo que se desprende das figuras ...
Ela, tão feminina ...
Ele, tão masculino ...
Sabem que em breve chegará a tentação ...
Devem ser franceses.

Movendo negativamente a cabeça o inglês comenta:

- Que nada ! Notem a serenidade dos seus rostos, a delicadeza da pose, a sobriedade do gesto.
Só podem ser ingleses.

Depois de alguns segundos mais, de contemplação silenciosa, o brasileiro declara:

- Não concordo. Olhem bem:
não têm roupa,
não têm sapatos,
não têm casa,
tão na merda ...
Só têm uma única maçã para comer.
Mas não protestam, ainda estão pensando em sacanagem e pior, acreditam que estão no Paraíso.
Só podem ser brasileiros ...



Escrito por Louremar às 12h42
[] [envie esta mensagem] []



QUEM ESCONDE SABE O MOTIVO

Uma das mais estranhas notícias dos últimos tempos foi a decisão do Superior Tribunal Militar de negar acesso aos documentos processuais da candidata Dilma Rousseff em seu julgamento, nos tempos da ditadura. O presidente do STM, Carlos Alberto Marques Soares, disse que a documentação foi retirada dos arquivos e mantida em sigilo, por decisão pessoal, num cofre em sua sala, "para preservar o STM contra eventual uso político do material". A Folha de S.Paulo tenta agora obter os documentos via mandado de segurança.

A dúvida: e qual é o problema do uso político do material? Vasculhar a vida dos candidatos para evitar os fichas-sujas não é uso político do material? Que é que existirá nesse material de tão comprometedor - e não obrigatoriamente para a candidata, mas talvez também para a Justiça Militar da época? Quais são os abusos que se tenta esconder? E, diga-se, em nenhum momento houve qualquer notícia de que os documentos tenham sido ocultados a pedido da candidata Dilma Rousseff ou de pessoas a ela ligadas: o presidente do STM assume sozinho a responsabilidade por tudo.

E há mais um fato que tem de ser levado em conta. Dilma é candidata à Presidência, como sabem até as garças que frequentam os lagos e gramados do Palácio da Alvorada, há pelo menos dois anos. Por que a imprensa só agora, na reta final da campanha, decidiu investigar sua vida? A propósito, a eleição é disputada por dois candidatos principais. Houve algum esforço, de algum veículo de comunicação, para investigar o passado do candidato José Serra?

Por Carlos Brickmann, do Observatório da Imprensa.



Escrito por Louremar às 09h07
[] [envie esta mensagem] []



CANDIDATOS MADE IN PARAÍBA

 

 

A saga dos paraibanos na política, pelos diversos Estados brasileiros, é o tema de uma matéria publicada no site Vitrine do Cariri. Pelo levantamento tem paraibano disputando cargos de Governador a Senador.

 

No maranhão, se destacam dois candidatos: Zé vieira, natural da cidade de Sousa e a candidata a vice de Flávio Dino.

 

 

Neta do vereador Juvenal Lúcio de Sousa, de Patos, que empresta o nome à Câmara Municipal, a paraibana Miosótis Gomes de Oliveira Lúcio de Sousa (PPS) é candidata a vice-governadora na chapa do deputado Flávio Dino (PC do B), candidato ao Governo do Maranhão.

“Sou a sexta filha de uma família que tem 12 irmãos. Cresci no meio da dura realidade da seca nordestina e me encantei com tanta água no Maranhão e na vontade de transformar a realidade”, confessa.

 

 

 

 

 

Miosótis diz ter, da Paraíba, o sentimento da superação e os ensinamentos de seus pais, de honrar os compromissos acordados. Miosótis - que tem nome de planta nativa da Europa e norte da Ásia, conhecida no Brasil como “não-te-esqueças-de-mim” - é também prima da ex-vice-prefeita de Patos Elizabeth Satyro.

Radicada há dez anos no Maranhão, ela disse que aceitou ser vice de Flávio Dino para unir as forças de oposição contra a governadora Roseana Sarney (PMDB), que disputa a reeleição. O outro candidato é o ex-governador Jackson Lago (PDT), que foi cassado em 2009.

 

 

“O que mais me encanta no Maranhão é a vontade que o povo tem de crescer, de se renovar. É importante resgatar essa autoestima. Queremos ver o povo estudar, ter emprego, crescer. Sou admiradora de longa data do trabalho do Flávio Dino”, revela Miosótis, que em 2004 foi candidata a vice-prefeita de Governador Nunes Freire (MA), mas a chapa não se elegeu. Leia Mais.



Escrito por Louremar às 08h08
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis